terça-feira, 29 de junho de 2010

O Verme e a Cigarra e a Formiga



Havia uma barata na careca do inselberg. Uma vez, passou por lá um caixeiro-viajante ouriçado, de nome Satanágoras, e plantou um cone sobre seu cimo.
De onde menos, se esperava, um feroz e aturdido cânforo saiu e esmigalhou a carne do viajante que gritava entre seus dentes:

Ulaláááá, ululuuu... não tenho pai, não tenho mãe, não tenho um cão andaluz!

Anos depois, ao passar por ali um outro caixeiro-viajante (rugoso-de-ribossomos), de nome Rompe-Tíbias Sarraceno, o cânforo foi facilmente vencido em luta corporal clegg e, do ventre da besta, Tíbias tirou um quadrado, que plantou ao lado do cone, dando origem ao Senegal.

Um comentário:

  1. Isso tem q ser divulgado pelo mundoooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir